Doações para programa na radio 107FM      
 
Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo." />
     

DOAÇÕES

AGRADECEMOS A TODOS OS IRMÃOS QUE ESTÃO NOS AJUDANDO COM AS DOAÇÕES PARA A CONSTRUÇÃO DO TEMPLO:
RECEBEMOS ALGUNS CARROS COMO DOAÇÕES, 01 FUSCA, 02 GOLS, 1 SCORT E DOAÇÕES EM DINHEIRO.
VOCÊ PODE FAZER DOAÇÕES TAMBÉM DE CESTAS BÁSICAS PARA O SOCIAL DA IGREJA PARA NOS AUXILIAR NA ASSISTÊNCIA DE ALGUMAS FAMÍLIAS EM NECESSIDADES.
PARA FAZER DOAÇÕES EM DINHEIRO, VOCÊ PODE USAR A CONTA DO ITAÚ.
AGÊNCIA 5636
C/C 05015-4
EM NOME DA IGREJA PENTECOSTAL UNIDA DO BRASIL.

NOSSOS PROFUNDOS AGRADECIMENTOS, QUE O SENHOR JESUS VOS ACRESCENTE 100 VEZES A MAIS EM TUDO O QUE FIZERDES.

  
 
 

A história da Igreja tem sua origem no dia do Pentecostes na cidade de Jerusalém em Israel no Oriente Médio, por volta do ano 33 d.C. Notoriamente, os apóstolos de Jesus Cristo foram os primeiros líderes da Igreja Cristã (Mateus 16.18; Atos 2.14); daí surgiu o nome Igreja Apostólica. Algumas das Doutrinas básicas da Igreja Apostólica estão fundamentadas principalmente em Atos 2:1-4, 36-47, com destaque especial para Atos 2:38 onde temos o arrependimento, batismo nas águas em Nome de Jesus e Dom do Espírito Santo como requisitos do plano de salvação. Os Apóstolos obedientes a Doutrina, sempre batizaram em Nome do Senhor Jesus Cristo e ensinavam que o próprio Deus se revelou em carne (Atos 17:18,23; 20:28) e nunca, jamais ensinaram a trindade. Os líderes cristãos que sucederam os Apóstolos os chamados pais pós-apostólicos continuaram pregando a mensagem da Igreja Apostólica, dentre estes podemos citar, Hermas, Clemente de Roma, Policarpo e Inácio, cujo ministério se situa entre os anos 90 a 140 d.C. Vários historiadores têm encontrado evidências e provas conclusivas da mensagem apostólica (Unicidade) desde os dias dos pais pós-apostólicos até chegar ao século vinte; e isto, ocorreu através de movimentos e homens levantados por Deus para que a genuína Palavra de Deus continuasse sendo pregada e transmitida de geração a geração. Para um sucinto exemplo histórico podemos mencionar, Irineu por volta de 200 d.C., os Pricilianistas entre os anos 350 a 700 d.C., Euchetas 550 a 900 d.C., Bogomilos de 900 a 1400 d.C, Abelardo 1079 a 1142 d.C., Miguel Serveto 1511 a 1553 d.C, Emanuel Swedenborg 1688 a 1772, Alvin E. Velie 1860 a 1904, dentre outros. Devido à intensa perseguição, restaram poucos escritos históricos fora dos registros da Igreja Católica Romana. Entretanto, alguns dos chamados “hereges” que foram perseguidos e mortos pela inquisição romana, comprovadamente criam na Unicidade de Deus e eram batizados em Nome do Senhor Jesus Cristo.

Atualmente existem várias organizações que pregam a Unicidade de Deus. Dentre estas, em 1945 duas das maiores, a Igreja Pentecostal Incorporada e as Assembléias Pentecostais de Jesus Cristo se fundiram e formaram a Igreja Pentecostal Unida, hoje com ramificações em quase todo mundo. Estatísticas recentes dão conta que a IPU –Igreja Pentecostal Unida– está estabelecida em cerca de 190 países. No Brasil a Igreja Pentecostal Unida teve início no ano de 1957 na cidade de Porto Alegre-RS, sob a responsabilidade do missionário Samuel Baker.

Particularmente, a história da Igreja Pentecostal Unida no Distrito Federal tem seu início no ano de 1992 com a chegada do irmão Lindomar Alves da Silva. Este jovem, nascido da cidade de Catalão no Estado de Goiás, formou-se no Instituto Bíblico Apostólico (IBA) no Rio de Janeiro em 1990. Neste Seminário, depois de um ano de estudo em regime interno, concluiu o curso teológico oferecido pela IPUB. Um ano após, atendendo ao chamado de Deus, foi designado pela Diretoria da Igreja em Goiás para iniciar o trabalho da Igreja no Distrito Federal. Cabe mencionar aqui a chegada do irmão Lindomar ao DF no dia 17 de março de 1992, que sem contar com qualquer parente ou pessoa conhecida no local, foi morar dividindo o cômodo de um barraco cedido por um nobre anfitrião desconhecido na cidade Satélite de Planaltina. Na pequena sala daquele barraco onde estendia um colchão para descansar, floresciam grandes sonhos de um jovem que impulsionado pela vontade de Deus fora despertado para trazer a mensagem do nome de JESUS CRISTO à Capital da República.

Neste humilde começo, entre os anos de 1992 a 1994, este jovem alavancou inúmeros esforços para propagar a Mensagem da Unicidade de Deus no Distrito Federal, e neste período apesar de sozinho realizava evangelismo nas ruas e hospitais, estudos bíblicos, cultos nos lares, até chegar à construir um pequeno templo de madeira em terreno alugado. Todavia, numa leitura superficial do contexto daquele período, parecia que tão imensos esforços não estavam logrando resultados animadores, pois cerca de pouco mais de um ano do início da Igreja no pequeno local, o proprietário pedia de volta o terreno fazendo que caísse em desmanche o pequeno templo de madeira. Lamentavelmente, sem condições financeiras para se instalar em local apropriado o pequeno grupo que ali se reunia ficou disperso e o trabalho incipiente da IPUB presumia estar fadado ao fracasso.

Entretanto, apesar do ano de 1995 não se apresentar com menos desafios para o estabelecimento da IPUB no DF, viu-se o germinar dos primeiros frutos da pregação do Evangelho despontar na Seara do Senhor com algumas pessoas batizadas nas águas em Nome do Senhor Jesus Cristo. Por outro lado, o ministério de irmão Lindomar tornou-se amplamente fortalecido e abençoado pela provisão benevolente de Deus de uma ajudadora para o servo do Senhor. Comprometidos pelo amor, em 07 de janeiro de 1995 se uniram na presença do Senhor o irmão Lindomar e a irmã Siméia Fernandes. Com a união deste casal em Cristo, o cordão de três dobras estava estabelecido (Ec. 4:12), apontando dias melhores para a IPUB no Planalto Central. Desta união, ao longo dos anos, nasceram-lhes três lindos filhos: Milca, Misael e Silas, que desde os primeiros dias de vida passaram a acompanhar o jovem casal no árduo trabalho da Obra do Senhor.

No ano posterior, 1996, despontava no horizonte uma aurora mais promissora. Depois de se inscrever e ser aprovada em licitação de terrenos do GDF, a Igreja conseguia erguer o primeiro Templo da IPUB no DF, desta vez em local próprio. O trabalho remanescente contava, até então, com cerca de oito membros fiéis, que unidos e reunidos em local mais amplo renovaram seu ânimo, estabelecendo estratégias para uma Obra laboriosa que, superando os primeiros desafios, começava a se firmar em terreno mais sólido e fecundo.

De 1998 a 2001, o mover do Senhor Jesus trazia sinais concretos do estabelecimento definitivo da IPUB no DF. No fim do ano de 1998, a segunda Igreja surgia na cidade de Planaltina no setor Arapoanga. Neste mesmo ano, o irmão Antônio Roberto vindo da IPUB de Goiânia-Goiás, mudou-se para a Cidade de Águas Lindas de Goiás na região do Entorno do Distrito Federal, e com apoio e ajuda da IPUB em Planaltina, de imediato iniciaram uma nova Igreja naquela cidade. À medida que o tempo avançava os trabalhos da IPUB no DF deixam de limitar-se a ações e esforços avulsos e, progressivamente, assumiam contorno e porte de uma Obra mais estruturada e expansiva que, à força das circunstâncias, foi desenvolvendo um modelo dinâmico de trabalho e liderança contextualizada ao meio onde foi inserida. Mais adiante, em 2002, pastor Lindomar conclui o curso de Bacharel em Teologia pela Faculdade Teológica Batista de Brasília (FTBB), incorporando assim uma ferramenta útil para fomentar a reflexão bíblica e teológica para um nível mais excelente de preparo e treinamento de Obreiros para a Obra do Senhor. Tendo em foco esse treinamento e aprimoramento, no ano de 2003 foi estabelecida a primeira turma de alunos do IBA -Instituto Bíblico Apostólico- no DF. O treinamento e formação se processaram com grandes dificuldades. De ambos os lados, tanto professores quanto alunos se sacrificaram e depois de dois anos de estudos, em 2004 acorreu à formatura de nove (09) alunos. A partir daí, fixava-se à estrutura inicial para o estabelecimento de um corpo ministerial bem treinado e atuante na Igreja no DF. Como Resultado desse esforço conjunto, ainda no ano de 2004 iniciou-se duas novas Igrejas, uma na cidade do Itapõa-DF e outra em Planaltina no Setor Buritis-IV. Em passos mais largos, entre os anos de 2005 a 2010, oito (08) Igrejas foram estabelecidas na região do DF e Entorno; com o apoio e ajuda da IPUB-DF também foi estabelecida uma Igreja na Cidade de Palmas – Tocantins. Neste ano de 2011 estamos em processo de formação no IBA de mais dez (10) alunos, perfazendo um total de vinte e três (23) discípulos treinados para trabalhar na Obra do Senhor. Além disto, contamos também com várias dezenas de irmãos e irmãs que cursaram ou estão cursando a ELITE –Escola de Liderança e Treinamento Espiritual- onde num período de seis meses aprendem a dar os primeiros passos para ajudar e auxiliar a Igreja do Senhor.

Apresentado este pano de fundo, podemos constatar que a história da Igreja Pentecostal Unida no Distrito Federal é apenas um minúsculo trecho que está alinhavado a história da Igreja Apostólica. Aliás, toda essa linha histórica que é tecida ao longo dos séculos, tem “o fio da meada” fixado no Pentecostes (Atos 2) onde a Igreja de Jesus Cristo foi edificada sob a promessa de que “as portas do inferno não prevalecerão contra ela” (Mateus 16:18).

Em síntese, nosso objetivo aqui é traçar as linhas gerais de nossa gênese histórica, que muito embora tenha um ambiente de lutas e inóspitas adversidades, fixou no passado seu marco e cimentou no presente as bases de uma Obra dirigida por Deus sobre ombros de homens e mulheres que o Senhor Jesus tem escolhido. É o milagre da encarnação em evidência através da Igreja de Jesus Cristo que avança desde sua edificação no Pentecostes, e segue destemida resgatando vidas que estão destruídas pelo pecado, sem temer a fúria do inimigo. Neste passo e compasso, convictos de que a Eterna Palavra de Deus continuará nutrindo a amada Igreja de Jesus aqui na terra, na direção do Espírito Santo, buscamos permanecer de maneira Santa e irrepreensível aguardando a bem aventurada esperança e o aparecimento da glória do GRANDE DEUS E NOSSO SENHOR JESUS CRISTO para o arrebatamento (Tito 2:13).

Ao concluir este breve relato de nossa história, é meu dever convidá-lo a se unir conosco para continuarmos juntos escrevendo a história da Igreja do Senhor hoje. Acredito sinceramente que isto é plenamente possível, através de nossa disposição voluntária de consagrar e dedicar nossas vidas a Jesus Cristo, pois Ele nos chamou para sermos os trabalhadores da última hora em Sua Seara.

Deus te abençoe em Nome de Jesus Cristo!